Uma das coisas mais legais na criação de joias é a variedade de materiais que se pode trabalhar. Essa variedade não se limita apenas na escolha das pedras e no design da joia. Essa criação geralmente começa muito antes: na escolha dos metais.

A escolha do metal correto pode fazer toda a diferença na ornamentação e construção do design. E quais são os tipos mais utilizados hoje em dia? Acompanhe mais um post no blog VA!

Prata

Quando falamos sobre joias, não há metal mais lembrado do que a prata. O metal utilizado em grande parte das joias na verdade é uma pequena mistura de prata com cobre, e é conhecida como prata esterlina (ou prata 925).

Colar Passeio em Prata e Quartzo Branco

Esse metal é uma ótima opção por ser muito durável. É usada em todo tipo de design, que pode ir dos aneis, colares, pulseiras e abotoaduras ou até mesmo nas fivelas de cinto. 

A prata, no entanto, é um metal mais delicado do que outros – como o ouro e a platina, por isso requer um certo cuidado para evitar manchas e desgastes.

Ouro

Ah, o ouro! Provavelmente o metal mais icônico no mundo das joias. Para joias, o ouro é geralmente misturado com outros metais, como prata, cobre, níquel ou zinco. Cada um desses metais traz uma característica diferente ao ouro.

Anéis ângulos em ouro 18k

E você sabe quando falam “ouro 24 ou 18 quilates”? Esse número serve para identificar a proporção de ouro puro na mistura com estes metais. Quanto maior a proporção, maior o número (e o poder da peça, claro.)

Além da puridade do ouro, alguns metais misturados podem trazer diferentes cores ao ouro. Os mais comuns são:

Ouro amarelo:

O ouro amarelo é o mais conhecido e costuma ser o mais puro, mas pode ser misturado com a prata, o cobre ou o zinco.

Ouro branco:

O ouro branco se forma com a mistura de ouro e metais brancos, como níquel, prata e paládio. Uma curiosidade interessante é que o ouro branco original possui um tom mais acinzentado. Ele se torna branco com a adição de ródio.

Brinco Crown em ouro branco

Ouro Rosa:

Outra mistura maravilhosa e muito conhecida! O ouro rosa se dá ao misturar ouro puro e uma alta proporção de cobre.

Ouro Verde:

Não tão conhecido quanto seus irmãos, o ouro verde é exatamente igual ao amarelo, mas o cobre é deixado de fora da mistura!

Titânio

Esse e é o metal natural mais duro conhecido pelo homem. Além disso, é resistente a arranhões, muito leve e fácil de colorir.

Outra vantagem do titânio é sua característica hipoalergênica, o que o torna popular para joias que perfuram o corpo, como piercings e brincos. Só não use esse metal maravilhoso para fazer anéis. Porque os dedos mudam de tamanho ao longo do tempo (esquisito, certo?) e o titânio não é soldável ou redimensionável!

Um beijo,
Equipe Viviany Amorim.