Possuir uma joia é, muito além de uma declaração de estilo, um investimento. Por isso é preciso ter cuidado e carinho para manter seu brilho e qualidade por décadas.

E, ao contrário do que se pensa, esse cuidado não exige que você compre solventes ou produtos químicos caros e difíceis de encontrar.

Quer saber como cuidar melhor da sua joia? Confira algumas dicas que a própria Viviany Amorim separou para você:

1- Guarde as joias separadamente:

A primeira coisa a se pensar quando o assunto é o bom cuidado da sua joia é onde você a guarda.

Sempre guarde suas joias em uma caixa e, o mais importante: mantenha cada peça separada uma da outra. pedras mais duras podem arranhar outras mais macias, o que você definitivamente não quer que aconteça.

Outro ponto positivo de manter suas joias separadas é a organização. Se você tiver designado um lugar para cada peça, sempre saberá onde encontrá-la – e não precisa se preocupar com a quebra de correntes, perda de tarrachas ou a quebra de elos de pulseiras.

2 – O último a se colocar, o primeiro a se tirar:

Essa dica pode parecer boba, mas pode fazer uma diferença enorme! Sempre coloque suas joias por último, e retire elas antes de trocar de roupas ou ir para a cama.

Essa dica é especialmente importante em ocasiões especiais, pois perfumes, sprays de cabelo e loções podem conter químicos que prejudicam e sujam as suas peças. Tirar um suéter primeiro pode arrancar uma corrente ou fazer um brinco sair voando. 

Por isso, vale lembrar que se você for sair para experimentar roupas, o melhor mesmo é deixar suas joias em casa.

3 – Evite a exposição à luz solar:

A exposição direta do sol pode afetar alguns tipos de peças, por isso o ideal é que você as guarde longe da luz solar. Algumas joias, por exemplo, podem ter sua cor alterada com a exposição do sol.

Além da luz, o calor também pode ser problemático. Por isso, mantenha suas joias longe de fontes de calor.

4 – Pérolas precisam de cuidados especiais:

As pérolas são peças delicadas e de origem orgânica. Por isso existem alguns cuidados especiais que precisam ser tomados para evitar que elas se estraguem. Para começar, evite pendurá-las.

O ideal é que elas sejam mantidas deitadas, para que o fio de seda se mantenha igualmente esticado. Isso evita a quebra do fio e você evita que suas pérolas saiam voando por aí.

Além disso, é indicado que os fios sejam trocados periodicamente, pois o tempo inevitavelmente fará com que elas se desgastem, fiquem mais sensíveis e fáceis de se quebrar. Por isso leve suas pérolas para um check-up pelo menos a cada 5 anos.

Com estes cuidados básicos suas peças irão durar muito mais e você irá se preocupar muito menos.

Ah! E a dica final (e principal) que deixamos é: na dúvida, pergunte ao designer da peça! Afinal, ninguém entende melhor sobre cuidado do que quem a produziu.

Um beijo,
Viviany Amorim.